Novas Matérias:
recent


Como minimizar o impacto da solidão em cães?

Algumas dicas podem fazer o seu animal bem mais feliz e saudável.

Shutterstock cão sozinho

A maioria das pessoas tem uma vida de correria e compromissos, sendo assim, precisam deixar o seu cão sozinho por grande parte do tempo. O que poderia ser feito para minimizar a sensação de solidão e de tédio do animal?

Obviamente quando você chegar em casa, o seu peludo demonstrará aquela alegria, o ideal segundo a recomendação de especialistas é não dar tanta atenção à essa festa que o animal faz e esperar ele se acalmar. Claro que é tarefa difícil, ainda mais se o dono sente-se culpado pela falta de atenção ao seu cão, mas é importante pensar que essa atitude estará beneficiando o animal,

Em algum momento, é essencial suprir a necessidade do animal de companhia e algumas dicas podem auxiliar a minimizar o impacto da solidão no peludo. Quais dicas são essas?

Carinho: Dar ao seu animal o carinho que ele merece é essencial. Conversar, acariciar a pelagem, fazer o animal se sentir amado deve ser uma regra para quem se decidiu em ter um cachorro.

Brincadeiras: Não importa a quantidade de tempo, mas brincar com o seu peludo também é uma dica importante para compensar o tempo que ele ficou sozinho.

Passeio: Expor o animal ao exercício é fundamental para a qualidade de vida dele. Leve- o para passear com regularidade e de preferência, em locais em que ele possa explorar o espaço.

Eduque-o: O fato de o animal ter passado boa parte do dia sozinho não deve ser motivo para deixá-lo fazer o que quiser (principalmente quando filhote), por isso, reforce as orientações para que não estrague objetos na sua ausência, continue mostrando a ele a sua reprovação quando faz algo errado.

Ambiente recreativo: É importante que o cão tenha um espaço para brincar, com objetos dele, com tudo que ele precisa para na sua ausência, ter alguma distração.

Supra as necessidades: Jamais se esqueça de manter o local bem limpo, em condições para que o animal passe o dia. Verifique sempre se há comida e água limpa e fresca para que ele possa suprir suas necessidades.

Saúde em dia: As visitas ao veterinário devem ser periódicas e são fundamentais para analisar aspectos da saúde e até mesmo comportamentais do cão.

Dar ao seu cão uma companhia é super bem-vindo

Cães brincandoSe o período em que o animal fica sozinho é muito grande, pode ser interessante ter um outro animal, e aqui a dica é adotar um peludo que precisa de um lar e que poderá fazer companhia ao seu cão e assim, se sentirão menos sozinhos. Mas é claro que a questão do espaço e orçamento são importantes.

Ter mais de um animal geralmente dá mais segurança ao dono em relação ao tempo que precisa ficar longe deles.

Atualmente, também é possível deixar o animal sob cuidados profissionais durante o dia ou em um período maior, caso precise viajar ou até mesmo queira dar ao seu peludo um agrado. Na Planet Dog Resort, o animal tem 1500 metros quadrados para muita diversão, pode interagir com outros cães e o melhor, é monitorado por profissionais plenamente habilitados e dispõe de veterinários em caso de quaisquer imprevistos. Neste verão, os peludos também contam com uma piscina refrescante, além das demais atividades recreativas.

Cuide do seu cão. Dê a ele o amor que merece e não meça esforços para tornar a vida dele o mais feliz possível.

Tags: Como minimizar o impacto da solidão em cães, Cachorros que ficam sozinhos durante o dia, Como distrair cachorro sozinho, Deixar cachorro sozinho final de semana, Como diminuir a solidão em cães.




   Autor

Matéria desenvolvida pelo Médico Veterinário Maikon Celestino (CRMV-SP 36.797), formado pela Faculdade Sudoeste Paulista - FSP em 2015, que além de atuar na Clínica Médica e Cirúrgica de Pequenos Animais, cria conteúdo virtual sobre o mundo PET.

SnapChat celestinomaikon
Facebook /maikonveterinario
Instagram /maikon.celestino
Twitter /maikoncelestino




Comnetários




Tecnologia do Blogger.