Novas Matérias:
recent


Animal sangrando o que fazer

Saiba como agir em casos de sangramento em pequenos animais.

O que fazer com animal com sangramento

O sangramento ou hemorragia é a perda de sangue do organismo que pode acontecer de forma rápida (aguda) ou de forma lenta (crônica), podendo ser classificada em grave ou não, assim dependendo da quantidade de sangue perdido pode ocorrer anemia a até choque hipovolêmico.

Um animal anêmico apresenta alguns sinais clínicos, como letargia, redução ou perda de apetite, mucosas muito pálidas, taquipneia (respiração acelerada). No entanto, em caso de perda de grande quantidade de sangue pode ocorrer parada cardíaca, pois não há quantidade de sangue suficiente dentro das câmaras cardíacas para bombear.

Os sangramentos externos são mais fáceis de detectar em relação ao sangramento interno, pois basicamente é possível visualizar a perda de sangue. Geralmente, este tipo de hemorragia é provocada por cortes profundos, brigas entre animais, perfurações e outras circunstâncias. São denominados sangramentos superficiais quando são lesados pequenos vasos que irrigam a pele, levando a perda de sangue considerável, mas não fatal.

No entanto, em caso de rompimento de veia ou artéria, o sangramento pode ser grave e deve ser estancada imediatamente para evitar consideráveis perdas de sangue. Geralmente, estes vasos são localizados em patas, orelhas, cauda e pescoço. Em casos de hemorragias graves é importante interromper o mais rápido possível a perda, e o volume de líquido perdido pelo organismo deve ser reposto.

O que fazer em caso de sangramento?

•Coloque um pano limpo ou compressas de gaze sobre o local e faça compressão por alguns minutos, e mantenha a pressão no local até o sangramento parar.
•Coloque compressas de gaze sobre o ferimento e proteja com faixa crepe, caso o local seja permitido. Ainda, se possível fixe esta compressa com esparadrapo, e evite que a lesão fique aberta para evitar o acesso a moscas ao ferimento.
•Leve o animal ao veterinário o mais rápido possível para a realização da desinfecção do local e sutura da lesão, e para cessar a hemorragia, caso não seja contida. No entanto, se não for possível levar veterinário, limpe o ferimento com água oxigenada, iodo povidine ou líquido de Dakin, e aplique pomada antibiótica.
•Caso o ferimento seja nas patas ou cauda, você pode realizar um torniquete para sangramentos graves, e para tal pode ser utilizado uma faixa crepe, corda, cadarço de sapato ou outros, e amarre o membro um pouco acima da lesão, e afrouxe a cada cinco minutos e depois volte a apertar.

Animal com sangramentoEm caso de sangramento interno, este é mais complicado em relação ao externo devido a não visualização da perda de sangue. Geralmente, este tipo de hemorragia é ocasionado por atropelamento ou acidente, pancada em abdômen ou tórax, quedas de lugares altos e outras situações.

O animal pode perder sangue devido ao rompimento de um órgão ou de um vaso sanguíneo importante, e os sinais clínicos são praticamente os mesmos da hemorragia externa, incluindo queda de temperatura, fraqueza, palidez das mucosas, e em casos mais graves, dor abdominal e perda de consciência. A perda de sangue através de fezes e vômitos pode ter como causa envenenamento por “chumbinho” ou a ingestão de iscas de vidros triturados, opções utilizadas para matar animais criminosamente.

•Nestes casos, é importante realizar a mensuração da temperatura retal do animal através de termômetro, e repetir a cada 30 minutos e notar se a temperatura cai. Quando a temperatura estiver abaixo de 37°C, procure enrolar o animal em um cobertor e coloque uma fonte de calor próxima a ele. Para esta finalidade pode-se utilizar garrafas pets com água quente;
•Evite movimentos bruscos do animal e manipule-o com cuidado;
•Mantenha o animal aquecido e encaminhe-o para o médico veterinário o mais rápido possível, sendo que o transporte deve acontecer de forma que a cabeça fique mais baixa que o corpo do animal.

Esta matéria não substitui uma consulta com o Médico Veterinário

Tags: Cachorro sangrando o que fazer, O que fazer quando o animal está sangrando, Cão sangrando o que fazer, O que fazer quando o cachorro está sangrando, O que fazer quando o cão está sangrando, O que fazer quando o gato está sangrando.




   Autor

Matéria desenvolvida pelo Médico Veterinário Maikon Celestino (CRMV-SP 36.797), formado pela Faculdade Sudoeste Paulista - FSP em 2015, que além de atuar na Clínica Médica e Cirúrgica de Pequenos Animais, cria conteúdo virtual sobre o mundo PET.

SnapChat celestinomaikon
Facebook /maikonveterinario
Instagram /maikon.celestino
Twitter /maikoncelestino




Comnetários




Tecnologia do Blogger.