Novas Matérias:
recent


Pontos abertos cirurgia cachorro

Seu cachorro foi submetido a uma cirurgia e os pontos cirúrgicos abriram? Saiba como proceder neste caso.

Pontos abertos cirurgia cão

O pós-operatório é responsável por 90% do sucesso da cirurgia do animal, independente do procedimento cirúrgico realizado, e desta forma, os pequenos cuidados colocados em prática pelo proprietário fazem toda a diferença. Para a maioria dos casos, seja em clínicas ou hospitais, após a realização da cirurgia, o animal permanece em atendimento logo nas primeiras horas e pode continuar internado por até 24 horas para a prevenção de hemorragias e outras complicações. Após este período, ao retornar para casa com o cachorro, alguns cuidados devem ser tomados, os quais geralmente são instruídos pelo médico veterinário e podem variar entre os profissionais da área.

O que fazer quando os pontos estão da cirurgia estão abertos?

No entanto, mesmo seguindo as orientações pós-cirúrgica recomendas pelo médico veterinário os pontos abriram ou o animal arrancou os pontos? E agora, o que fazer? É necessário continuar com as mesmas recomendações? Enfim, há diferentes dúvidas quanto a isso, e veterinário responsável pelo procedimento cirúrgico deve ser comunicado o quanto antes, e sim, os cuidados são diferentes para pontos de cirurgia abertos em cão.

Curativo para pontos abertos cirurgia cachorroComo dito anteriormente, o veterinário é quem deve avaliar os pontos e a nova “ferida” para eleger a melhor técnica para sucessivamente promover melhor cicatrização do local. É válido ressaltar que quando se refere aos pontos cutâneos, ou seja, quando os pontos de pele se abrem, os mesmos não podem ser fechados novamente. Isto é, você levará seu animal ao veterinário e o profissional não irá suturar a pele novamente, esta lesão deverá ser cicatrizada pela chamada técnica de segunda intenção. Desta forma, a cicatrização deverá ser feita com o auxílio de curativos estratégicos que aproximem as bordas da ferida, e para isso, devem ser utilizadas faixa, gaze estéril, esparadrapo, micropore e outros materiais.

No entanto, quando os pontos abertos da cirurgia de cachorro não se referem à pele, a intervenção médico-veterinário se faz necessária. Por exemplo, quando são rompidos os pontos internos de uma ovariosalpingohisterectomia (O.S.H.), conhecida popularmente como castração em cadela, os mesmo criam uma hérnia abdominal, ou seja, um orifício na musculatura em que parte de um órgão (normalmente, alças do intestino delgado) se desloca e invade o espaço indevido, formando o saco herniário. Assim, o animal deverá ser submetido a uma nova cirurgia para corrigir este problema, passando novamente pelo período pré e pós-operatório.

Como evitar pontos abertos de cirurgia de cachorro

Para evitar este tipo de problema é necessário que você mantenha o seu animal em um ambiente confortável e que ao mesmo tempo limite a movimentação do mesmo, ou seja, mantenha-o preso no canil em determinados momentos do dia para evitar que seu pet corra, pule ou realize outras manobras que possam colocar em risco os pontos cirúrgicos. Desta forma, não deixe que seu cachorro suba em objetos (como cadeiras, caixas, tambores e/ou outros presentes em sua residência), evite pega-lo no colo ou se precisar carrega-lo, tome cuidado.

Tags: Pontos abertos cirurgia cachorro, Pós-operatório cães, Pontos cirúrgicos abertos cachorro, Cachorro arrancou os pontos, Pontos abriram o que fazer.




   Autor

Matéria desenvolvida pelo Médico Veterinário Maikon Celestino (CRMV-SP 36.797), formado pela Faculdade Sudoeste Paulista - FSP em 2015, que além de atuar na Clínica Médica e Cirúrgica de Pequenos Animais, cria conteúdo virtual sobre o mundo PET.

SnapChat celestinomaikon
Facebook /maikonveterinario
Instagram /maikon.celestino
Twitter /maikoncelestino




Comnetários




Tecnologia do Blogger.