Novas Matérias:
recent


Como tratar feridas em gatos

Saiba como tratar feridas em felinos em casa, com quais produtos e quando o animal deve ser levado ao veterinário.

Gato com ferida

Assim como nós, os animais de estimação possuem grandes chances de sofrer com algum tipo de ferimento em qualquer região do corpo. Os gatos em especial, pois possuem hábitos de subir em diferentes alturas, enfrentar obstáculos e de passear durante a noite e madrugada. Desta forma, você que possui um gato como animal de estimação, certamente, ao menos uma vez terá que tratar feridas. Mas como deve ser o tratamento? Quais medicamentos é permitido aplicar na região lesionada?

O primeiro passo é avaliar a ferida, e dentre os fatores que devem ser avaliados é a causa (arranhões, brigas, brincadeiras e outros), a extensão deste ferimento (grande ou pequeno), se há ou não a presença de hemorragia (ou seja, perda de sangue), profundidade de perfuração, enfim, estas considerações são importantes para certificar de que você deve levar seu gato ao médico veterinário para a realização de procedimentos adequados para o tratamento de tal ferimento.

É válido e muito importante ressaltar que uma ferida não tratada é uma fonte de bactérias que podem comprometer a saúde de seu animal de estimação, sendo que a partir de 12 a 24 horas é possível notar os primeiros sintomas de infecção. Geralmente quando a ferida é resultante de briga, o indicado é levar o animal ao veterinário pelo fato de que as unhas de outros gatos e a boca de um felino ou canino dispõem de grande quantidade e diversidade de bactérias, e desta forma, a ferida é contaminada, o que necessita de administração de antibiótico local e /ou sistêmico.

Na realidade, toda e qualquer ferida deve ser tratada com antibioticoterapia, além de outros produtos que estimulam a cicatrização e  promovam a assepsia do local da lesão. E antibióticos são disponibilizados em farmácias apenas com receita, logo, você necessitará de um médico veterinário.

Como tratar feridas em gatos

No entanto, caso a ferida de seu felino não seja profunda e é de pequena extensão, você pode realizar o tratamento através da limpeza da ferida, isto é, realizando a eliminação de sujidades e pequenas crostas que possam vir a se formar. Para facilitar a limpeza da região e dificultar o acúmulo de sujidades é indicado que você remova os pelos ao redor da ferida, com uma tesoura ou até mesmo com uma lâmina de barbear, e em seguida, lave a região com solução fisiológica com o auxílio de uma gaze estéril. Remova toda a sujeira e quando a região estiver limpa, com uma gaze seca, seque o local do ferimento.

Gluconato de ClorexidinaPara auxiliar na desinfecção da região do ferimento, é indicado que você aplique também com um auxílio de uma gaze estéril o gluconato de clorexidina, mais conhecida popularmente como Merthiolate, a qual é um antisséptico de ação antifúngica e bactericida, que possui a capacidade de eliminar do local as bactérias gram-negativas e também gram-positivas. Ainda, tem ação bacteriostática, isto é, inibe a proliferação de bactérias. Atualmente nas farmácias humanas é possível encontrar este medicamento em apresentação spray, sendo esta a mais indicada para ferimentos, pois atinge toda a região e extensão da ferida com maior facilidade. Então, borrife sobre a lesão o gluconato de clorexidina e remova o pouco de sujidade que ainda resta e seque o local com uma gaze estéril.

Iodo polvedine e Vetaglós
Em seguida, para dar continuidade ao tratamento da ferida em gatos é indicada a aplicação de iodo polvedine também com o auxílio de uma gaze, ou seja, basta umedecer a gaze com a solução e aplicar sobre a ferida. Este é o processo de limpeza e desinfecção que deve ser realizado diariamente, de duas a até três vezes durante o dia. E dependendo da região e tipo de ferimento, pode ser realizado um curativo também com gaze estéril e microporie ou esparadrapo. Ainda, levando em consideração o tipo de ferimento e comportamento do animal, o mesmo deverá fazer o uso do colar elisabetano para evitar que o felino tenha acesso à ferida e evite lamber ou mordiscar a região. E para acelerar a cicatrização e cura da ferida de gato pode ser utilizadas pomadas, como a Vetaglós, pomada cicatrizante da Venil. Tal medicamento pode ser aplicado de uma a duas vezes ao dia, após a limpeza adequada da região.

Este conteúdo é apenas informativo e não substitui consulta veterinária

Tags: Como tratar feridas em gatos, Tratar feridas em gatos, Como tratar feridas abertas em gatos, Como tratar feridas na pele do gato, Como tratar feridas em felinos, Tratamento de feridas em gatos.




   Autor

Matéria desenvolvida pelo Médico Veterinário Maikon Celestino (CRMV-SP 36.797), formado pela Faculdade Sudoeste Paulista - FSP em 2015, que além de atuar na Clínica Médica e Cirúrgica de Pequenos Animais, cria conteúdo virtual sobre o mundo PET.

SnapChat celestinomaikon
Facebook /maikonveterinario
Instagram /maikon.celestino
Twitter /maikoncelestino




Comnetários




Tecnologia do Blogger.