Novas Matérias:
recent


Como cuidar de feridas em cachorro

Saiba como tratar feridas em cães em casa, com quais produtos e quando o animal deve ser levado ao veterinário.


Animal com ferida como tratar

Que os cães são arteiros e podem entrar em diferentes encrencas, isso todo mundo já sabe, o que a grande maioria não sabe é de como cuidar de feridas em cachorro, a qual quando não recebe os cuidados corretos pode resultar em problemas sérios. Mordias, arranhões, acidentes domésticos, atropelamento e dentre outras situações podem causar feridas de diversas proporções e extensões em cães. E você que possui um ou mais cachorros em casa, certamente, ao menos uma vez terá que tratar feridas. Mas quais medicamentos utilizar? Como deve ser realizado este tratamento?

Primeiramente, é necessário realizar uma avaliação da ferida que inclui a inspeção do tamanho da lesão (grande ou pequena), se há presença de hemorragia (sangramento) ou de secreção purulenta (pus), a causa (arranhão, briga, atropelamento, queda e outros), a profundidade da perfuração, e dentre outras considerações que são importantes para certificar de seu cão deve ou não a uma consulta de um médico veterinário.

É de extrema importância ressaltar que uma ferida não tratada é uma fonte e meio de proliferação de bactérias e de outros microrganismos patogênicos, os quais podem comprometer a saúde do seu animal de estimação. É a partir de 12 a 24 horas que os primeiros sinais da infecção começam a aparecer, sendo que para o tratamento de ferida é indispensável a antibióticoterapia para evita-la, seja a administração do antibiótico de forma local (tópica) ou sistêmica (via oral).

Desta forma, para feridas graves se faz necessária a interversão médica-veterinária, pois este é o profissional que sabe como proceder de forma correta, qual o antibiótico adequado para o tipo de lesão e sua dose, e antibiótico é vendido somente com prescrição médica.

Como tratar feridas de cachorros

Solução fisológica e ProtexApós a avaliação da ferida de cachorro e você acredita que seu animal não precisa fazer uma visita ao médico veterinário, você pode iniciar o tratamento da ferida com a limpeza da lesão, removendo toda a sujidade, pequenas crostas, coleção de pus e outros componentes que possam ser ou se tornar um substrato para microrganismos. Para facilitar a limpeza diária da ferida e também evitar que mais sujeiras se acumulem na região, é indicado que você remova os pelos ao redor da ferida, e em seguida, lave a lesão com solução fisiológica com auxílio de gaze estéril e com sabonete neutro ou antimicrobiano, como por exemplo, o Protex.

Após a remoção total das sujidades, aplique na região o gluconato de clorexidina, conhecido comercialmente como Merthiolate, que é um antisséptico de ação bactericida e antifúngica, que elimina bactérias gram-positivas e gram-negativas. É possível encontrar em farmácias humanas em diferentes apresentações, contudo, é recomendada a aquisição da forma spray, que é de mais fácil aplicação e que atinge melhor toda a região lesionada. Desta forma, borrife a clorexidina em toda a extensão da ferida e remova o possível resquício de sujidade ou conteúdo local, e seque com gaze estérial.

O próximo passo é realizar a aplicação de uma de iodo polvedine com auxílio também de gaze estéril. No entanto, caso a ferida do cachorro seja resultante de queimaduras, evite aplicar este medicamento até a epitelização ou cicatrização da pele. Como passo final, aplique na região uma pomada cicatrizante e faça o curativo com gaze estéril, faixas, microporio e esparadrapo. Como pomada, uma das mais utilizadas em medicina veterinária é a Vetaglós, sendo que para cada tipo de lesão, há um principio ativo que melhor age.

Merthiolate, iodo polvedine e Vetaglós

Todo este procedimento descrito, desde a limpeza, aplicação de medicamento e realização de curativo, deve ser realizado diariamente, de uma a duas vezes. Ainda, dependendo do local da ferida do cachorro, o mesmo deverá fazer o uso do colar elisabetano, o qual impede que o animal remova o curativo e tenha acesso a lesão.

Este conteúdo não substitui consulta médico-veterinária

Tags: Como cuidar de feridas em cachorro, Como cuidar de feridas de cachorro, Como cuidar de feridas em cães, Feridas cachorro pescoço, Ferida cachorro carne viva, Cachorro machucado na pata, Cachorro com feridas no corpo, Cachorro machucado o que fazer, Cachorro com feridas e pelo caindo, Creme antibiotico para cães.




   Autor

Matéria desenvolvida pelo Médico Veterinário Maikon Celestino (CRMV-SP 36.797), formado pela Faculdade Sudoeste Paulista - FSP em 2015, que além de atuar na Clínica Médica e Cirúrgica de Pequenos Animais, cria conteúdo virtual sobre o mundo PET.

SnapChat celestinomaikon
Facebook /maikonveterinario
Instagram /maikon.celestino
Twitter /maikoncelestino




Comnetários




Tecnologia do Blogger.