Novas Matérias:
recent


Petição pede que pais de menino sejam responsabilizados pela morte do gorila

Abaixo-assinado pede que pais de menino que caiu em jaula de gorila sejam processados por negligência.

Gorila que foi morto em zoológico


No último sábado, 28 de maio, uma criança de quatro anos invadiu a jaula de um gorila no zoológico de Cincinnati, em Ohio, nos Estados Unidos, após furar uma barreira de madeira, por cerca e fios de proteção e cair de uma altura de aproximadamente quatro metros. O menino teve contato direto com o animal, e na mesma jaula também havia duas fêmeas da mesma espécie, que é ameaçada de extinção.

Até então, tudo bem, o desfecho desta notícia que chocou muitas pessoas e fez com que tal ganhasse repercussão mundial é que o zoológico autorizou os tratadores do gorila de 17 anos e 181 quilos, atirassem no animal com o intuito de salvar a vida da criança. De acordo com o diretor do zoológico, o gorila agarrou a criança, e a mesma permaneceu na jaula com o animal por 10 minutos. A criança foi resgatada logo em seguida da morte do gorila, que foi morto com um tiro.

Nos dias posteriores ao ocorrido, isto é, a morte do gorila, a sua estátua no zoológico se tornou um memorial.

Petição para responsabilizar pais de criança pela morte de gorila nos EUA

Em entrevista, o diretor do zoológico disse que os tratadores fizeram uma escolha difícil, mas foi à escolha certa, e finaliza dizendo: “Foi feita a escolha de abater Harambe, então ele se foi”. Logo, a decisão de sacrificar o animal gerou revolta e protestos ao redor de todo o mundo, onde há quem acredita que o gorila foi morto em nome do entretenimento humano. A notícia de que um gorila foi morto a tiros para salvar uma criança no zoológico está em destaque e sendo muito discutida na tevê dos Estados Unidos e principalmente na internet.

Na rede virtual, já existe uma petição que conta com mais 200 mil assinaturas, a qual pede para que os pais da criança se responsabilizem pela morte do gorila, tendo como argumentos de que este foi um acontecimento resultante de negligência dos responsáveis do menino, e que algo semelhante ou de tal proporção pode acontecer em casa. Assim, além de proteger a criança e seus irmãos, a petição busca responsabilizar quaisquer pessoas sobre os efeitos causados diretamente ou indiretamente em animais, para evitar que estes acontecimentos se repitam tomando este como exemplo.

Críticas

Muitos estão a dizer sobre e a se colocar no lugar dos tratadores, dos pais, da criança. Os fins não justificam os meios, apesar disso, há quem diz que outras medidas poderiam ser tomadas, como por exemplo, uma tranquilização do animal através de dardos tranquilizantes ao invés da morte? Outra alternativa, um pouco mais agressiva seria atirar para não matar, mas sim ferir. Conversar com a criança no momento também não seria uma opção viável, para que a mesma seguisse instruções para sair da jaula?

Infelizmente, existe uma normativa relacionada a riscos em casos de acidentes deste gênero que prevê a segurança do publico em primeiro plano, independente se o ser humano é um idiota ou não. Logo, o médico veterinário responsável pelo parque deve seguir a lei, a legislação, mesmo não concordando o método que deve ser eleito. Ainda, tal normativa define que tranquilizantes e/ou outras medidas podem promover riscos a vida do ser humano, e por este motivo, não devem ser aplicadas.

Vídeo de gorila que foi morto no zoológico

O vídeo ainda está circulando em diferentes redes sociais na internet, e vem chocando muitas pessoas, pois é possível ver claramente que o animal não causa nenhum mal a criança. Caso você ainda não tenha assistido ao vídeo do gorila que foi morto no zoológico, confira-o logo abaixo e tire suas próprias conclusões:

Tags: Petição pede que pais de menino sejam processados responsabilizados pela morte do gorila, Gorila que foi morto, Gorila foi morto no zoológico, Petição quer punição por gorila morto.




   Autor

Matéria desenvolvida pelo Médico Veterinário Maikon Celestino (CRMV-SP 36.797), formado pela Faculdade Sudoeste Paulista - FSP em 2015, que além de atuar na Clínica Médica e Cirúrgica de Pequenos Animais, cria conteúdo virtual sobre o mundo PET.

SnapChat celestinomaikon
Facebook /maikonveterinario
Instagram /maikon.celestino
Twitter /maikoncelestino




Comnetários




Tecnologia do Blogger.