Novas Matérias:
recent


Falsa gravidez em cadelas

Saiba mais sobre a falsa gravidez em cadela, o que fazer e como ajuda seu animal de estimação.


Cadela adota ursinhos de pelúcia

Engana-se quem pensa que apenas mulheres podem sofrer da chamada falsa gravidez, pois no mundo animal, as fêmeas também podem apresentar este quadro. Também chamada de gravidez psicológica, pseudociese ou pseudogestação, a falsa gravidez consiste em uma enfermidade desenvolvida em fêmeas não castradas, as quais devido a alterações hormonais apresentam sinais de uma fêmea prenha, apesar de não estar gerando um filhote.

Desta forma, é possível se deparar com cadelas, gatas ou outros animais de estimação ou até mesmo selvagens comportamento materno para com determinados objetos, adotando filhotes de outras fêmeas podendo ser de mesma espécie ou não. Ainda, a fêmea com a falsa gestação apresenta também aumento do abdômen, produção de leite pelas glândulas mamárias que podem estar aumentadas e avermelhadas, lambedura constante da vulva e/ou das mamas, comportamento de “ninho” e agressividade.

Muitas vezes, os proprietários destas fêmeas se questionam sobre uma possível gestação, principalmente quando há machos presentes em mesmo ambiente. No entanto, há preocupação quando a gestação possui um tempo maior, e ao realizar um ultrassom ou raio-x para avaliação dos possíveis fetos, vem a confirmação de que não há filhotes. E agora, o que fazer nestes casos?

Como tratar a falsa gestação em cadelas

O tratamento da pseudogestação em cadelas ou em outro animal é indicado para garantir o conforto tanto da fêmea quanto do proprietário, já que há casos em que os sintomas cessam após algumas semanas. No entanto, algumas medidas devem ser seguidas para ajudar que este quadro seja menos desconfortável à fêmea, e para isso é indicado que o proprietário estimule atividades físicas de duas a três vezes ao dia para desviar a atenção da fêmea.

Contralac para tratar falsa gestaçãoAlém disso, caso a cadela ou gata vem lambendo com certa frequência as mamas, é necessário utilizar um colar elizabetano ou roupa que evite o acesso a esta região, pois o contato direto e frequente nas mamas estimula a produção de uma substância que está envolvida com a produção de leite e também com o comportamento materno. E para fêmeas muito agressivas pode ser necessário o uso de tranquilizantes para melhorar o seu convívio nesta fase.

Quando o caso exige o tratamento ou quando o proprietário tem a opção de fazer esta escolha, o Médico Veterinário realiza a administração de um medicamento específico que interrompe a falsa gestação em cadelas, os chamado anti-prolactinas. Apenas o Médico Veterinário pode prescrever e sabe a dosagem correta para o sucesso do tratamento, por este motivo, evite a medicação própria de sua cadela ou por indicação de terceiros, pois determinados medicamentos podem comprometer a saúde de seu animal de estimação.

Como evitar a falsa gestação

Muitos proprietários acreditam que colocando a fêmea para cruzar com certa regularidade evita este e muitos outros tipos de problemas hormonais, no entanto, esta é uma informação errônea. Tendo ou não uma vida sexual ativa, a fêmea terá a produção de hormônios naturalmente, assim a única forma é através da castração, procedimento cirúrgico que consiste na remoção dos órgãos responsáveis pela grande parte dos hormônios.

A ovariohisterectomia (castração) é um procedimento seguro e que proporciona inúmeros benefícios para seu animal, além disso, sua recuperação é rápida, apesar de requerer alguns cuidados. Para saber mais sobre os benefícios da castração e os cuidados após a cirurgia, acesse os links disponíveis, pois temos matérias completas em relação a estes assuntos.

O conteúdo não substitui uma consulta ao Médico Veterinário

Tags: Falsa gestação em cadelas, Falsa gestação em gatas, Falsa gestação em cadelas o que fazer, Falsa gestação em cadelas como tratar, Remédio para falsa gestação em cadelas.




   Autor

Matéria desenvolvida pelo Médico Veterinário Maikon Celestino (CRMV-SP 36.797), formado pela Faculdade Sudoeste Paulista - FSP em 2015, que além de atuar na Clínica Médica e Cirúrgica de Pequenos Animais, cria conteúdo virtual sobre o mundo PET.

SnapChat celestinomaikon
Facebook /maikonveterinario
Instagram /maikon.celestino
Twitter /maikoncelestino




Comnetários




Tecnologia do Blogger.