Novas Matérias:
recent


Piometra em cadelas como tratar

Saiba mais sobre esta doença de grande frequência na clínica de pequenos aimais, como prevenir e tratar.


Cadela doente

Assim como nós seres humanos, os animais de companhia estão sujeitos a diferentes doenças, e uma das enfermidades mais comuns na rotina da clínica de pequenos animais é a piometra. Esta doença costuma se desenvolver em fêmeas de idade avançada ou em jovens que recebem tratamento com anticoncepcional ou que apresenta cio irregular.

É considerada uma enfermidade grave, pois quando não tratada de imediato, pode resultar no óbito do animal. Por este motivo, assim que forem identificados os sintomas, o animal deverá ser encaminhado o mais rápido possível ao Médico Veterinário para a realização do diagnóstico e consequentemente, iniciar rapidamente o tratamento.

O que é piometra?

Afinal, que doença é esta? A piometra, também conhecido como complexo-piometra, é caracterizada pela infecção uterina bacteriana, com a presença de exsudato muco-purulento no lúmen do útero, ou seja, com a infecção causada por bactérias, ocorre o acúmulo de pus neste órgão. Entretanto, este quadro clínico se dá no endométrio devido a hiperplasia cística em decorrência a estimulação prolongada de hormônios.

Desta forma, problemas hormonais, utilização de anticoncepcionais e predisposição genética são as causas deste tipo de infecção no útero. A piometra é mais comum em cadelas com idade acima de 5 anos, mas isso não indica que animais mais jovens possam sofrer com esta enfermidade, apesar que apenas animais que tenham entrado no cio podem desenvolver a doença. Assim, filhotes estão livres de desenvolver a piometra.

Tipos de piometra

Vagina de cadela com presença de secreção purulentaEsta enfermidade tem a capacidade de se apresentar através de duas formas, a primeira é a chamada piometra aberta, sendo esta mais fácil de ser detectada pelo proprietário, pois a cadela apresenta
secreção purulenta (pus) na vagina ou fluído de mau cheiro. A segunda forma, denominada de piometra fechada, não apresenta a eliminação de algum tipo de secreção, pois a cérvix se encontra fechada. Este é o tipo mais severo e que exige maior atenção, onde na maioria dos casos o animal adoece e o quadro se agrava sem que o proprietário perceba algo.

Prevenção da piometra canina

De acordo com a Associação Americana de Veterinária, 80% das fêmeas irão apresentar um episódio de doença ou tumor no órgão sexual em algum momento de suas vidas. E estas chances aumentam em cadelas ou gatas que recebem a aplicação de anticoncepcionais. E a única forma de evitar estes e outros problemas relacionados ao órgão sexual e garantir uma vida longa e saudável ao seu pet é a castração.

A castração promove a cadela ou fêmea inúmeras vantagens e benefícios, incluindo fugas indesejáveis, transmissão de doenças como TVT (Tumor Venéreo Transmissível), prenhez indesejada, aumento da população e muitos outros, e principalmente, a prevenção da piometra. Para saber mais sobre a castração, acesse nossa matéria especial sobre “Vantagens e benefícios da castração”.

É válido ressaltar que muitos proprietários acreditam que o acasalamento é uma forma de prevenir a piometra, pensamento este errôneo, pois as funções hormonais continuam atuando naturalmente com o animal acasalando ou não.

Diagnóstico de piometra em cães

O diagnóstico da piometra em cadelas consiste na avaliação física do animal, o qual pode apresentar alguns sintomas como dor e distensão abdominal, febre, falta de apetite, desidratação e presença de corrimento vaginal. Além destes sinais, para a confirmação do quadro de piometra canina podem ser realizados diferentes exames como hemograma, ultrassonografia e radiografia, apesar de que em casos severos não é necessário tais complementos.

Imagem de útero saudável e útero com piometra

Tratamento da piometra em cadelas

A escolha do tratamento da piometra em cadelas depende da gravidade do quadro clínico do animal e de outros fatores, como idade, cérvix aberta ou fechada, presença de cistos no ultrassom, animal de valor reprodutivo, etc. Desta forma, com a devida avaliação do animal pode-se tomar duas medidas: tratamento medicamentoso ou cirúrgico.

É o Médico Veterinário que elegerá o melhor tratamento para sua cadela, lembrando que cada caso é um caso. No entanto, a maioria dos casos de piometra é emergencial, exigindo que o animal seja internado e submetido à ovariohisterectomia, isto é, a castração. Independente do tratamento escolhido, a cadela deverá ser submetida à fluidoterapia intravenosa para correção dos déficits existentes e a antibioticoterapia. Por este motivo, ao notar alguns dos sintomas, busque rapidamente um profissional de sua confiança para evitar que a doença progrida, e lembre-se o diagnóstico prematuro é essencial para o sucesso do tratamento.

Tags: Piometra em cadelas como tratar, Piometra cadelas sintomas, Piometra cadelas tratamento, Piometra em cadelas castradas, Piometra em cadelas é contagioso, Piometra em cadelas fotos, Piometra em cadelas tem cura, Piometra cadela idosa.




   Autor

Matéria desenvolvida pelo Médico Veterinário Maikon Celestino (CRMV-SP 36.797), formado pela Faculdade Sudoeste Paulista - FSP em 2015, que além de atuar na Clínica Médica e Cirúrgica de Pequenos Animais, cria conteúdo virtual sobre o mundo PET.

SnapChat celestinomaikon
Facebook /maikonveterinario
Instagram /maikon.celestino
Twitter /maikoncelestino




Comnetários




Tecnologia do Blogger.