Novas Matérias:
recent


Gravidez psicológica em cadela

Saiba como identificar a pseudociese (gravidez psicológica) em sua cadela e o que fazer nesta situação.

Cadela adotando urisnho de pelucia

Também conhecida como pseudogestação ou pseudociese, a gravidez psicológica é uma ocorrência comum em cadelas, enfermidade esta que pode resultar em diferentes complicações. Este problema acomete apenas cadelas inteiras, ou seja, animais não castrados, inclusive, as cachorras que nunca se acasalaram, e quando sofrem com esta ocorrência uma vez, as fêmeas possuem chances de passar pela mesma situação novamente.

A falsa gestação em cadelas pode ser definida como uma síndrome, a qual é observada em cadelas não gestantes em seis a quatorze semanas após o estro. Sua incidência e distribuição são desconhecidas, mas estima-se que em 50 a 70% de frequência em cadelas, não possui predisposição entre faixas etárias, portes físicos raças, e também não dispõe de interferência ao se tratar de fêmea plurípara (que dá à luz a dois ou mais filhotes) ou nulípara (que nunca teve filhotes). Ainda fatores ambientais e nutricionais estão sob investigação.

Acredita-se que todas as cadelas desenvolvam a pseudogestação, apesar disso, somente algumas apresentam os sinais clínicos.

Fatores predisponentes para a falsa gestação canina

A pseudociese em cadelas pode se desenvolver a partir de alguns fatores predisponentes, e dentre eles estão:

∙ Após o tratamento com prostágenos;
∙ Durante o tratamento com prostágenos ou antiprogestágenos;
∙ Após o tratamento com prostaglandina;
∙ Após a realização de ovariohisterectomia durante o diestro, geralmente, a pseudociese aparece de três a quatro dias depois do procedimento cirúrgico;

O que todas estas situações possuem em comum? Estas ocorrências citadas acima se caracterizam pela exposição a progesterona subsequente a queda brusca deste hormônio. O declínio nos níveis de progesterona resulta na elevação nas concentrações séricas de estrógeno e prolactina. Em condições normais, a prolactina promove o aumento natural a partir do 30º dia do diestro (fase do ciclo estral), tendo ação tanto na preparação das glândulas mamárias e como no fator luteotrófico (destruição do corpo lúteo). A prolactina é o neuropeptídeo responsável pela progressão da secreção láctea e pelo desencadeamento do comportamento materno.

Sintomas da gravidez psicológica em cadela

Como já dito anteriormente, a cadela pode ou não apresentar os sinais clínicos desta enfermidade, porém, podem estar presentes e evidentes:

∙ Comportamento pré (antes), peri (durante) e pós-parto;
∙ Comportamento de ninho: a cadela procura lugares mais calmos e seguros para “receber seus filhotes”. Desta forma, pode utilizar caixas, cobertor, ou qualquer outro objeto para confeccioná-lo;
∙ Adoção de objetos inanimados ou de filhotes de outras fêmeas, incluindo principalmente ursinho de pelúcia. Ainda, para tais objetos ou filhotes adotados, a cadela possui excessiva atenção, carinho e proteção;
∙ Lambedura das mamas (abdômen) e vulva;
∙ Agressividade, principalmente em relação ao ninho ou objeto/filhote adotado;
∙ Ganho de peso ou anorexia;
∙ Produção e secreção láctea;
∙ Distensão mamária.

Tratamento

Medicamento para tratar gravidez psicológica em cadelaO tratamento da gravidez psicológica canina na administração de um medicamento específico, o qual só pode ser prescrito e administrado por um Médico Veterinário, sendo um inibidor de prolactina. Por este motivo, procure o veterinário de sua confiança para a eleição do melhor medicamento e dosagem correta para sua cadela.

Contudo, esta pode ser uma condição autolimitante, e muitas vezes não requer tratamento. Em muitos casos, o tratamento é conservativo fazendo o uso de colar elizabetano para evitar que a cadela estimula a secreção láctea através da lambedura das mamas, e/ou restrição hídrica por 5 a 7 noites, mas antes desta medida, é necessário avaliar a função renal. É também indicado a estimulação de atividade física para desviar a atenção do animal, e caso o a cadela se mostre muito agressiva, a administração de tranquilizantes pode ser realizada.

Prevenção da falsa prenhez canina

Apesar de não ser um tratamento eficaz na prevenção da falsa prenhez em cadelas quando realizada nos primeiros meses, a castração de fêmeas é a alternativa de eleição para evitar a gravidez psicológica, além de evitar outros problemas relacionados com a produção hormonal. Ainda, evitar o uso da famosa “injeção para cachorra não engravidar”, medicamento este perigoso que pode colocar em risco a saúde de seu animal, principalmente quando aplicado por conta própria.

Tags: Gravidez psicológica em cadela, Gravidez psicológica em cadelas - o que fazer, Gravidez psicológica em cadelas medicamento, Cadela com gravidez psicológica sintomas, Cadela com gravidez psicológica remédio, Gravidez psicologica em cadelas tratamento, Remédio para secar leite de cadela com gravidez psicologica.




   Autor

Matéria desenvolvida pelo Médico Veterinário Maikon Celestino (CRMV-SP 36.797), formado pela Faculdade Sudoeste Paulista - FSP em 2015, que além de atuar na Clínica Médica e Cirúrgica de Pequenos Animais, cria conteúdo virtual sobre o mundo PET.

SnapChat celestinomaikon
Facebook /maikonveterinario
Instagram /maikon.celestino
Twitter /maikoncelestino




Comnetários




Tecnologia do Blogger.