Novas Matérias:
recent


Como saber se meu hamster está estressado

Diferentes fatores podem promover estresse ao seu hamster, saibe como identificar este comportamente em seu pet e saiba como ajudá-lo.

Hamster

Os roedores em geral são animais muito sensíveis, em especial os hamsters e porquinho da Índia, onde diferentes fatores externos e ambientais podem promover comportamentos de estresse, e para combatê-los e promover uma vida mais saudável é preciso tomar algumas medidas.

Contudo, antes de algumas dicas referentes ao combate ao estresse, confira logo abaixo alguns dos possíveis fatores que estão deixando seu pet agitado e/ou estressado:

∙Convivência em dois ou maior número de hamsters.
∙Gaiola inadequada, isto é, pequena, sem local escuro, sem ventilação, sem roda de exercício ou tubos.
∙Presença de outros animais no ambiente à qual ainda não estejam familiarizados, como cães e principalmente, gatos.
∙Presença de outro hamster ao lado de seu território, ou seja, em distância menor de 30cm da gaiola dele.
∙Muito barulho próximo a gaiola diariamente.

Como saber se meu hamster esta estressado

Caso seu pet esteja livre destes principais fatores estressantes, certamente, ele não apresentará os seguintes sinais. Caso contrário, você consegue identificar que seu hamster está estressado através dos comportamentos listados abaixo:

∙Andar em velocidade anormal.
∙Dormir mais do que o normal.
∙Comer menos e perder de pelos.
∙Roer as grades com uma força fora do normal.
∙Ficar se escondendo e se recusar a sair da toca.
∙Demonstrar não querer ser segurado ou acariciado.
∙Entrar e sair da rodinha de exercício constantemente.
∙Mostra os dentes, deixa o corpo rígido, os olhos muito abertos e as orelhas estendidas.
∙Movimentos circulares ou quadrados dentro da gaiola, de um lado para o outro, muito rápido.

Como reduzir ou acabar com o estresse

A principal forma de eliminar o comportamento de estresse em seu hamster é através da eliminação dos fatores estressantes citado acima, além disso, é indicado que você redobre a atenção para:

∙Possível gravidez: em determinados casos, fêmeas compradas há pouco tempo e em lojas de animais estão prenhas. Por este motivo, é aconselhado a comprar roedores de um criador experiente.
∙Alergias ou desconforto: evite colocar itens que possam promover sensação desagradável ao seu hamster, como por exemplo, pó de banho e algodão.
∙Costume: talvez você o tenha habituado a estar fora da gaiola grande parte do tempo, principalmente, em momentos em que ele pedia. Assim, isso faz com que seu pet fique estressado quando preso na gaiola e com que ele chame a sua atenção desesperadamente pata que você abra as grades.
∙Limpeza: promova a limpeza semanal da gaiola com a troca da serragem e lave a gaiola.
∙Ninho: os roedores gostam de ninhos quentes e confortáveis, assim deixe a disposição dele materiais que possam ajudá-lo a construir sua toca, como tecido (meias velhas), rolinho de papel higiênico, papelão e outros.
∙Alimentação: proporcione ao seu amigo uma alimentação equilibrada, ou seja, não o alimente apenas com um tipo de alimento. Ao contrário de que muito acreditam, os hamsters não são criados apenas com semente de girassol, mas sim com um mix de grãos, além de verduras, frutas e legumes. Ainda, garanta água limpa e fresca diariamente. Saiba mais sobre a alimentação de hamsters em nosso artigo especial, “Alimentos para Hamsters”.
∙Banhos: Os hamsters não precisam de banhos, pois estes são animais que se limpam sozinhos. Se notar algum cheiro estranho, este não é do hamster, e sim da gaiola.

Seguindo estas dicas, certamente seu hamster viverá com maior qualidade de vida e longe de estresse. Caso tenha alguma dúvida, dica ou sugestão, deixe-a logo abaixo nos comentários desta matéria.

Tags: Como saber se meu hamster esta estressado, Sinais de hamster estressado, Hamster estressado o que fazer?, Hamster muito agitado, porque meu hamster me morde.




   Autor

Matéria desenvolvida pelo Médico Veterinário Maikon Celestino (CRMV-SP 36.797), formado pela Faculdade Sudoeste Paulista - FSP em 2015, que além de atuar na Clínica Médica e Cirúrgica de Pequenos Animais, cria conteúdo virtual sobre o mundo PET.

SnapChat celestinomaikon
Facebook /maikonveterinario
Instagram /maikon.celestino
Twitter /maikoncelestino




Comnetários




Tecnologia do Blogger.