Novas Matérias:
recent


Outubro Rosa para cães e gatos

Faça parte você também da campanha Outubro Rosa e previna sua gata ou cadela do câncer de mama.

Outubro Rosa PET

Conhecida mundialmente, a campanha “Outubro Rosa” tem como finalidade alertar mulheres e também homens sobre o risco e perigo em relação ao câncer de mama, sobretudo, as práticas e métodos preventivos. E este tipo de neoplasia também faz vítimas no mundo animal, isto é, os pets (animais domésticos) não estão livres do câncer de mama, algo que é pouco lembrado por seus proprietários.

Sejam para com os seres humanos ou para com os animais, cães e gatos, a forma de diagnosticar esta doença é através de exames de rotina. A doença possui maior incidência em animais não castrados devido à produção de hormônios durante o período de fertilização, e após os seis anos de idade, a chance de sua cadela ou gata desenvolver o câncer de mama é maior.

Por este motivo, os proprietários devem sempre avaliar seus animais através da apalpação das mamas, onde caso seja notado algo diferente, como nódulo ou aumento exagerado das glândulas mamárias, o animal deve ser encaminhado a um médico veterinário para a realização do exame clínico. Entretanto, caso você não saiba como diferencia um nódulo, converse com o médico veterinário de seu pet e tire as dúvidas relacionadas, e claro, leve seu animal a uma visita regular ao profissional que possa assegurar a saúde de seu peludo.

Este tipo de câncer se inicia com a formação de pequenos nódulos na região das mamas, inchaço e dores que proporcionam desconforto ao animal, entretanto, é válido ressaltar que nem todos os tumores são malignos, sendo que para certificar do tipo de tumor e o método de tratamento ideal para seu pet é necessário realizar exames mais completos. Para com os tumores benignos é indicado a remoção cirúrgica dos mesmos, enquanto, que para os do gênero maligno, além da remoção cirúrgica é preciso submeter o animal a sessões de quimioterapia para garantir a eliminação das células cancerígenas.

Prevenção do câncer de mama em gatas e cadelas

A melhor forma de prevenção deste tipo de doença, além de exames de rotina, é castração. A chamada ovariosalpingohisterectomia (OSH) consiste em uma técnica cirúrgica em são removidos útero, trompas e ovários da cadela, o que impossibilita o animal de entrar no cio, sofrer com as alterações hormonais. Trata-se de um processo seguro, definitivo e sem efeitos colaterais, sendo que a pesar da cadela ter um tempo de recuperação pós-cirurgia de aproximadamente uma semana, após este período, estará livre de demais problemas de saúde relacionado ao sistema reprodutor, incluindo gravidez indesejada, abortos e dentre outros.

Cadelas e gatas castradas praticamente não apresentam este tipo de câncer, e quando diagnosticado no início, as chances de cura é maior. É importante ressaltar que deve ser evitado o uso de injeções e de medicamento anticoncepcionais em fêmeas para evitar gestações, pois este medicamento é desaconselhável por muitos médicos veterinários por ser perigoso, podendo assim colocar em risco a saúde de seu animal, principalmente quando aplicado por conta própria.

Por este motivo, se você não tem interesse que sua cadela ou gata reproduza, previne-se das gestações indesejáveis e de doenças com a castração. Ainda, participe da campanha “Outubro Rosa”, compartilhe esta e outras informações sobre o câncer de mama em cães e gatos com seus amigos e familiares, e ajude-nos a garantir a saúde dos peludos que alegram nossos dias.

Outubro Rosa para animais de estimação

Tags: Outubro Rosa para cães e gatos, Outubro Rosa Pet, Outubro Rosa e cães, Outubro Rosa e gatos, Outubro Rosa e os animais domésticos.




   Autor

Matéria desenvolvida pelo Médico Veterinário Maikon Celestino (CRMV-SP 36.797), formado pela Faculdade Sudoeste Paulista - FSP em 2015, que além de atuar na Clínica Médica e Cirúrgica de Pequenos Animais, cria conteúdo virtual sobre o mundo PET.

SnapChat celestinomaikon
Facebook /maikonveterinario
Instagram /maikon.celestino
Twitter /maikoncelestino




Comnetários




Tecnologia do Blogger.