Novas Matérias:
recent


Como proteger os cães dos fogos de artifício

Descubra como garantir tranquilidade e conforto para seu cão que tem medo de fogos de artifício e/ou trovões.


Como proteger os cães dos rojões

Jogos de futebol, festas de fim de ano ou qualquer outro grande evento sempre conta com a presença visual e sonora dos fogos de artifícios ou rojões, os quais são os grandes vilões de muitos cães. Espetáculo a parte, os fogos de artifício podem causar tortura e desespero nos animais, não apenas em cães, sendo que nesta espécie a percepção sonora é quatro vezes maior aos ruídos em relação ao ouvido humano.

Desta forma, o estrondo tanto de fogos quanto de trovões podem deixar determinados animais em pânico, algo que não é relativamente bom para a sua saúde e precisa ser controlado para evitar maiores transtornos. Quer saber como proteger os cães dos fogos de artifício? O Pets & Dicas reservou para você algumas dicas que irão fazer a diferença e acalmar seu animalzinho de estimação. Confira:

Como proteger os cães dos fogos de artifício

A primeira dica e primordial é garantir que seu animal de estimação permaneça em um lugar em que se sinta seguro, sobretudo, um lugar realmente seguro. Procure um lugar calmo e afastado, e que não contenha materiais e nem objetos que podem promover algum acidente, pois os fogos ou trovoes podem deixá-lo inquieto e determinadas tentativas de proteção ou fuga podem acabar em acidentes.

Como proteger os cães dos trovõesOutra dica que pode amenizar a percepção auditiva dos cães é colocar pequenas quantidades de algodão nos ouvidos, como forma de proteção mesmo, semelhante aos passos que antecedem ao banho. Desta forma, faça pequenas bolinhas com o algodão e introduza suavemente e com cuidado para não machucar, e evite apertar e introduzir demasiadamente. Contudo, colocando o algodão de forma superficial a qualquer balançada de cabeça, as bolinhas podem se soltar facilmente.

Você também pode fazer o uso de determinados medicamentos para tranquilizar seu animal de estimação, principalmente em determinas épocas do ano em que os fogos /ou trovões são constantes. Assim, procure o médico veterinário de seu cão e solicite tal medicamento, pois não há ninguém mais qualificado e apto para receitar tal medicamento e na dosagem correta. Contudo, há determinados remédios caseiros como chás e florais que são encontrados facilmente em farmácias e drogarias que podem ser utilizados nestas ocasiões.

Outra dica que pode funcionar para tranquilizar seu pet é colocar músicas calmas para que ele escute enquanto os fogos e/ou trovões se fazem presente. E jamais, em hipótese alguma, prenda seu cão na coleira ou guia, pois o mesmo pode acabar se enforcando devido ao pânico. O recomendado é deixá-lo em um ambiente fechado, tranquilo e sem coleiras.

Para com os casos mais severos em que nenhuma das indicações obteve sucesso, uma alternativa que pode auxiliar na redução do desespero e pânico por conta destes barulhos é o adestramento. Há diferentes adestradores que promovem este tipo de treinamento sonoro e que reduz parcialmente ou totalmente este pânico dos animais. Pesquise e converse com um, e garanta a tranquilidade de seu cão e também a sua.

Tags: Como proteger os cães dos fogos de artifício, Como proteger os cães dos rojões, Como proteger os cães dos trovões, Como proteger os cachorros dos fogos de artifício.




   Autor

Matéria desenvolvida pelo Médico Veterinário Maikon Celestino (CRMV-SP 36.797), formado pela Faculdade Sudoeste Paulista - FSP em 2015, que além de atuar na Clínica Médica e Cirúrgica de Pequenos Animais, cria conteúdo virtual sobre o mundo PET.

SnapChat celestinomaikon
Facebook /maikonveterinario
Instagram /maikon.celestino
Twitter /maikoncelestino




Comnetários




Tecnologia do Blogger.