Novas Matérias:
recent


Como tratar sarna em cachorro

Conheça os tipos de sarnas existentes e, saiba como tratá-las e proteger seu cachorro.


Tratamento para sarna em cães

A sarna é um doença que acomete diferentes espécies de animais, principalmente, cães e gatos, sobretudo, cães. Trata-se de uma doença que promove muito incomodo devido a coceira constante e que promove um aspecto nada agradável fisicamente, já que a pele sofre determinadas alterações e há queda de pelos. A sarna trata-se de uma doença de pele causa por ácaros, a qual pode ser causada por dois agentes diferentes, havendo assim, duas sarnas mais comuns que acometem os cachorros: sarna escabiose e sarna sarcóptica.


Qual é a diferença entre a sarna sarcóptica e sarna demodécica ou escabiose?

Além de serem causadas por ácaros diferentes, as sarnas possuem diferenças quanto aos sinais clínicos e uma é zoonotica e outra não, ou seja, sarna escabiose pode ser transmissível para o humano através do contato direto.

A sarna sarcóptica tem como principais sintomas a perda de pelo em diferentes regiões do corpo, coceira (prurido) intenso, formação de crostas na pele, borbulhas, escoriações, vermelhidão na pele e falta de apetite. O ácaro deste tipo de sarna atinge camadas mais profundas da pele, se reproduzem de forma rápida, o que leva a coceira exacerbada, que por sua vez, faz com que o animal se coce, lamba ou até mesmo morda a região afetada.

Já a sarna demodécica, também conhecia como sarna negra é causada por um ácaro presente na pele dos cães, o qual acomete apenas os animais que possuem problemas imunológicos. Este tipo de ácaro habita as glândulas sebáceas e folículos pilosos dos cachorros, o que leva a coceira e perda de pelo em determinadas regiões do corpo ou nele todo. Contudo, o sinal mais comum desta é a queda de pelo ao redor dos olhos.

Confira logo abaixo algumas fotos características de sarna, onde a olho nu, é dificilmente diferenciar os tipos de sarna:

Cachorro com sarna em estágio inicial

Cachorro com sarna em estágio avançado

Cachorro com sarna

Cachorro com sarna em todo o corpo

Cachorro com sarna em todo o corpo

Cachorro com sarna em orelha

Cachorro com sarna otodécica

Cachorro com sarna


Como tratar sarna em cachorro?

O tratamento da sarna em cachorro consiste primeiramente na identificação do tipo de sarna, ou seja, do tipo de ácaro envolvido. Após o diagnóstico realizado pelo médico veterinário, o tratamento e controle é realizado através de medicamentos tópicos e banhos, sendo que em determinados casos há a necessidade de injeções antiácaros.

Geralmente, o tratamento consiste na administração de ivermectina, banhos com xampu a base de peróxido de bezoíla ou clorexidina, administração de antibióticos para evitar piodermatites secundárias, banhos semanais com Amitraz.


Atenção

Na maioria dos casos, quando o cachorro começa a se coçar e apresentar queda de pelos, o proprietário já conclui que o mesmo está com sarna, e recorre a casa agropecuária para comprar medicamentos ao invés de solicitar ajuda de um profissional capacitado para o caso, um médico veterinário. Como você acaba de ler, existe mais de um tipo de sarna e o tratamento é diferente, assim é preciso identificar o agente da doença para a realização do tratamento adequado.

Ainda, é importante ressaltar que o produto recomendado pelo médico veterinário está relacionado com o quadro clínico e idade do animal, já que determinados animais, como por exemplo, filhotes e idosos são mais sensíveis a determinadas substâncias e medicamentos em relação a um cão adulto e saudável.


Tags: Como tratar sarna em cachorro; Tratamento de cachorro com sarna; como tratar sarna em cães; Como tratar cachorro com sarna.




   Autor

Matéria desenvolvida pelo Médico Veterinário Maikon Celestino (CRMV-SP 36.797), formado pela Faculdade Sudoeste Paulista - FSP em 2015, que além de atuar na Clínica Médica e Cirúrgica de Pequenos Animais, cria conteúdo virtual sobre o mundo PET.

SnapChat celestinomaikon
Facebook /maikonveterinario
Instagram /maikon.celestino
Twitter /maikoncelestino




Comnetários




Tecnologia do Blogger.