Novas Matérias:
recent


Quando devo vacinar meu cachorro filhote?


Quando vacinar o cachorro filhote? Qual é o intervalo entre as vacinações? Tire suas dúvidas em relação a vacinação de filhotes e garanta a saúde de seu novo amigo!


As vacinas devem fazer parte de seu animal de estimação desde o nascimento, as quais são fundamentais para a eficácia na prevenção contra diversas doenças, principalmente de zoonoses (doenças transmitidas para humanos). Ainda, a vacinação de cachorro filhote e adulto deve ser realizada por um médico veterinário, profissional apto a avaliar a condição física do animal, já que são apenas os saudáveis que podem receber a vacina. Contudo, não existe um esquema único ideal de vacinação, pois cada profissional deve escolher o esquema mais adequado para o paciente.


Quando devo vacinar meu cachorro filhote?

Os cães devem ser vacinados a partir das seis semanas de idade, enquanto que os gatos a partir de 8 semanas. Entretanto, existem casos especiais em que os animais podem ser vacinados antes desta idade, como filhotes de mães não vacinadas ou privados de colostro (leite ingerido nas primeiras horas de vida). Desta forma, nestes casos o médico veterinário pode recomendar um esquema de vacinação especial.

A primeira vacina de cães é denominada de vacina múltipla, a qual é mais conhecida como V8 e V10, que protege seu filhote contra cinomose, coronavirose, parvovirose, parainfluenza, hepatite infecciosa, adnovirose e leptospirose canina. Caso o seu filhote tenha sido vacinado antes deste período recomendado é necessário que o animal receba pelo menos uma dose após 12 semanas de idade.

Quanto ao intervalo recomendado para fazer as vacinas, o ideal é de 21 dias a 30 dias, sendo recomendada de 3 a 4 doses, dependendo do fator de risco e da região que o filhote vive. Após estas doses, a revacinação deve ocorre a cada ano. E além da vacina V8 ou V10, o seu filhote também deve ser vacinado contra raiva (doença zoonótica) a partir dos 3 meses de idade, realizando assim o reforço anualmente.

E uma vacina considerada opcional por parte do proprietário do animal é a da traqueobronquite infecciosa canina, mais conhecida como tosse dos canis ou gripe canina. Esta é uma doença altamente contagiosa entre os cães e é causada por agentes infecciosos, incluindo virais e bacterianos, causando um quadro muito semelhante a um resfriado humano, que inclui sinais como espirros, tosse, febre, coriza e falta de apetite.

Ainda, é válido ressaltar que qualquer tipo de fármaco injetável, incluindo as vacinas, pode causar reações após a aplicação, como nódulo ou inchaço local, podendo ser dolorido ou não, e também reações severas como alergia aguda ou choque anafilático. Em qualquer caso, o médico veterinário deve ser procurado.

Tags: Quando devo vacinar meu cachorro filhote; Vacina de filhotes; Vacinação de filhotes; Quando devo vacinar meu cão filhote; Vacinas para cachorros filhotes; Vacinas para cães filhotes.




   Autor

Matéria desenvolvida pelo Médico Veterinário Maikon Celestino (CRMV-SP 36.797), formado pela Faculdade Sudoeste Paulista - FSP em 2015, que além de atuar na Clínica Médica e Cirúrgica de Pequenos Animais, cria conteúdo virtual sobre o mundo PET.

SnapChat celestinomaikon
Facebook /maikonveterinario
Instagram /maikon.celestino
Twitter /maikoncelestino




Comnetários




Tecnologia do Blogger.