Novas Matérias:
recent


Coleta de Material Biológico Aviário para Laboratório


Saiba mais sobre a coleta e envio de material biológico aviário para o laboratório, incluindo quais os possíveis materiais que podem ser coletados e utilizados para diagnóstico de doenças!


O laboratório de patologia aviaria é de extrema importância para a realização do diagnóstico de doenças, pois os resultados laboratoriais aliados aos dados epidemiológicos e sintomatológicos proporciona aproximação das causas etiológicas. Desta forma, o material biológico tem como finalidade se tornar uma ferramenta de diagnóstico e busca por anormalidades. E diversas análises laboratoriais podem ser efetuadas, incluindo:
∙Hematologia: Para avaliação do número de células sanguínea, tamanho, morfologia, presença de hematozoários.
∙Parasitologia: Para detecção de endo e exoparasitas.
∙Isolamento bacteriano: Para detectar, tipificar e quantificar agentes bacterianos.
∙Isolamento viral: Para detectar a presença de agentes virais e titular vacinas.
∙Anatomopatológico: Análise microscópica e macroscópica da morfologia tecidual com avaliação da extensão da lesão.
∙Sorologia: Para determinar os níveis de anticorpos específicos contra determinados agentes infecciosos, monitorando-se esquemas vacinais.


Coleta de sangue

Para o exame sorológico, a punção de sangue pode ser realizada pode ser realizada através:
∙Punção da veia jugular: Técnica mais utilizada em aves silvestres que permite a coleta de grande quantidade de sangue, seja para sorologia ou hematologia. Contudo, a veia jugular é solta e não aderida na musculatura como outras veias, algo que pode dificultar a coleta e exige maior habilidade do profissional.
∙Punção da veia ulnar: Esta é a mais utilizada para a coleta de sangue devido a sua facilidade, apesar de que pode se romper ou estourar devido maior sensibilidade. Exige auxílio de outra pessoa para contenção da ave, pode-se coletar de 1 a 2ml de sangue e após a punção é preciso pressionar o ponto para conter o extravasamento de sangue.
∙Punção cardíaca: Técnica mais utilizada em aves que podem ser sacrificada devido ao risco de morte, sendo que exige maior conhecimento e habilidade do profissional, e permite a coleta de grandes quantidades de sangue. É mais comum em aves de grande porte devido ao não acesso por questão da agulha em pequenas aves.
∙Punção da veia metatarsal: Técnica utilizada para coletas pequenas, a qual exige a realização de cauterização da região para evitar a perda de sangue, pois pequenas e poucas gotas podem levar a ave à morte, principalmente aves pequenas.


Coleta de fezes

∙Punção da veia tibial: Técnica pouco utilizada apesar de ser considerada mais segura, pois a veia é aderida e não ‘corre’, e estoura dificilmente. Entretanto, o porte sanguíneo é baixo.
Para com a coleta amostras de fezes para análise laboratorial é necessário que as fezes seja fresca, mantida e encaminhada sob refrigeração, sendo que para a coleta pode-se fazer o uso do coletor universal, papel alumínio e capa plástica. É válido ressaltar que as melhores amostras para análise são de produção noturna devido o acúmulo de fezes, ou seja, conta com maior volume fecal.


Coleta Microbiológica

Para a análise microbiológica pode-se optar pelo uso da técnica de swab para com materiais como cama, ração, órgãos e secreções, como oral e ocular.


Coleta de Fragmentos

Técnica que utiliza biópsia, fragmento de necropsia e citologia aspirativa por agulha fina (CAAF), matérias que devem ser encaminhados em formol 10% com concentração de 1 para 9 e em fragmentos de tamanho de 1cm².


Coleta de Parasitas

Deve ser realizada com pinça ou estilete, e encaminhada com fixação em álcool 70 e AFA (solução e fixador específico para helminto).

Tags: Coleta de Material Biológico Aviário para Laboratório; Coleta e Envio de Material Biológico Aviário para Laboratório; coleta de material biológico para exames em aves.




   Autor

Matéria desenvolvida pelo Médico Veterinário Maikon Celestino (CRMV-SP 36.797), formado pela Faculdade Sudoeste Paulista - FSP em 2015, que além de atuar na Clínica Médica e Cirúrgica de Pequenos Animais, cria conteúdo virtual sobre o mundo PET.

SnapChat celestinomaikon
Facebook /maikonveterinario
Instagram /maikon.celestino
Twitter /maikoncelestino




Comnetários




Tecnologia do Blogger.